• Lattualita

    GERAL

    Família pede doação de material de construção para reerguer casa destruída em incêndio em São Marcos

    Doações podem ser feitas em forma de créditos em lojas de material de construção para que família retire o necessário. Casal e criança de 4 anos viviam em casa alugada que foi destruída por incêndio no último dia 25 de julho, no bairro Polo

    2 meses atrás

    Valmor, Ana Carina e a filha de 4 anos perderam tudo em incêndio (foto: arquivo pessoal)

Ana Carina Cararo, de 36 anos, conta com a solidariedade da comunidade são-marquense para reconstruir a casa em que vivia com o marido Valmor Subtil Varela, de 35 anos, e a filha de 4 anos. A moradia, localizada na Rua Fidelis Capeletti, no bairro Polo, foi destruída por incêndio no último dia 25 de julho, causando perda total. Por isso, agora, a família pede ajuda. A casa de Ana era alugada, construída em blocos de concreto, mas revestida internamente de PVC. “A gente perdeu tudo, porque por dentro era PVC então o fogo se alastrou, queimou móveis, roupas. Não sobrou nada, não consegui tirar nada de casa, o que não queimou ficou molhado e com fuligem e não deu para aproveitar”, relata Ana Carina.

Ele conta que a suspeita é de que a causa do incêndio tenha sido um curto circuito na rede elétrica da moradia, já que no momento da ocorrência não havia ninguém em casa. “Foi no sábado, por volta das 16h. Não tinha ninguém em casa, meu marido estava trabalhando, eu fui cortar o cabelo e minha filha estava com o vô. Minha vizinha que chamou os bombeiros, porque ouviu os estouros e começou ver fumaça. Nós achamos que foi um curto circuito, porque tem fogão a lenha, mas estava apagado, tem estufa, mas não usamos porque a nenê tem rinite”, explica.

‘Estamos pedindo principalmente material de construção’

Casa era construída em blocos de concreto e revestida em PVC
Casa era construída em blocos de concreto e revestida em PVC

Ana Carina é funcionária pública da prefeitura de São Marcos e seu marido trabalha em microempresa. Eles precisarão dividir com os proprietários da casa os custos da reconstrução. Por isso, o principal pedido da família é para doações de material de construção, que podem ser feitas em forma de crédito diretamente nas lojas do ramo. “Estamos pedindo principalmente material de construção, ou para deixar créditos nas lojas de material, daí vou lá e retiro o que precisa para reformar. Os proprietários vão ajudar, mas a gente vai ter que ajudar também, o prejuízo vamos dividir pela metade. Por isso estamos pedindo doação de material de construção também, porque, se eu conseguir da minha parte os materiais, eu não preciso dar em dinheiro”, detalha Ana Carina.

De acordo com a moradora, a família já recebeu doações de roupas e alguns móveis, mas ainda precisa outros utensílios. “Roupas ganhamos bastante, está faltando alguns móveis, como balcão. O que eu tenho hoje é fogão, geladeira, mesa, cadeiras, roupas, calçados”, relata. O casal e a filha estão morando com os pais de Ana Carina até que consigam reconstruir a casa para voltar ao local. Além das doações em créditos nas lojas de material de construção, quem desejar ajudar também pode efetuar depósito bancário (Caixa Econômica Federal – Agência 1130 – Conta 21841-1 – Ana Carina Cararo), ou entrar em contato diretamente com a Ana, pelo telefone (54) 99106 7184.