BUSCA  
 
    São Marcos, 24 de Abril de 2017 |   Institucional   |   Anuncie   |   Assinaturas   |   Expediente   |   Colabore   |   Contato   |  
 
 
 
 
Empresas
‘MARTA COLOCOU SÃO MARCOS NO MOVIMENTO LOJISTA DO BRASIL’: novo presidente assume com missão de manter crescimento da CDL. Na presidência desde 1º de janeiro, Marcelo Parizotto foi empossado em cerimônia no Dia da Mulher São-Marquense
 
PALUDO SÃO MARCOS DE CARA NOVA! Filial são-marquense promoveu evento na última sexta (3), marcando a inauguração das reformas no estabelecimento. Gerente Joce Souza garante que melhor distribuição dos produtos promete agradar ainda mais ao público local
 
MAIS NOVIDADE EM SÃO MARCOS! Imobiliária Firenze oferece serviço de administração de condomínios. Além dos serviços de compra, venda e locação de imóveis, Firenze traz solução para prédios residenciais. Planos já podem ser consultados na empresa
 
Esportes
MILLENNIUM TERÁ REFORÇO DE ATLETAS DA SELEÇÃO BRASILEIRA. Equipe de futsal feminino, Millennium comemorou aniversário de 7 anos com almoço neste domingo (12). Em 2017, time representará o município em campeonato Sul-Americano
 
SÃO-MARQUENSE É PRÉ-SELECIONADA PARA TIME DE FUTEBOL FEMININO DO INTER. Ananda Michelon fez teste neste domingo (5) com 700 atletas e ficou entre 40 selecionados para treinos em Porto Alegre, que definirão 25 jogadoras para equipe feminina colorada
 
EDIÇÃO IMPRESSA
Economia
Crescimento do PIB 09/01/2013 | 17h59
São Marcos em 98º do RS
São Marcos: indústria elevou renda per capta em 33,4% de 2009 para 2010
Foto: Studio Imagem
Com aumento de 31%, municípios teve maior expansão da Serra

Em 2010, São Marcos possuía o 98º maior Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Sul (RS). Com R$ 410,2 milhões o município registrou crescimento de 31,2% em relação a 2009, quando o PIB são-marquenses estava em R$ 307,3 milhões e São Marcos ocupava a 109ª posição do RS. O crescimento do PIB são-marquense em 2010 foi o maior da Serra e um dos mais volumosos do Estado, acima da evolução da economia caxiense (27,9%) e das médias estadual (17%) e nacional (7,5%). Entre os municípios serranos do mesmo porte populacional, São Marcos cresceu bem acima de Flores da Cunha (25,1%), Antônio Prado (18,9%), Farroupilha (22%), Ipê (24,7%), Bento Gonçalves (20,9%) e Campestre da Serra (14,8%). O PIB per capita (riqueza produzida dividida pelo número de habitantes) de São Marcos em 2010 foi de R$ 20,4 mil um pouco acima da média nacional (R$ 19,8 mil). O crescimento da renda per capita dos são-marquenses na passagem de 2009 para 2010 foi de 33,4%. A base de cálculo foi de uma população de 20.103 habitantes. Em 2009, o PIB per capita são-marquense era de R$ 15,2 mil.

Os dados do PIB (soma monetária de todos os bens e serviços produzidos) relativos a 2010 foram divulgados no último dia 12 de dezembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números de 2011 serão divulgados pelo instituto no próximo ano e os de 2012, em 2014. Na avaliação do secretário municipal da Fazenda, Juarez Vanin, os dados refletem o grande desenvolvimento econômico vivido por São Marcos na passagem de 2009 para 2010. “Em 2009 nós tivemos a crise internacional, que prejudicou também nosso município. Tanto que de 2008 para 2009 o crescimento do foi de 9,9%”, revela Vanin, lembrando que o PIB do município em 2008 era de R$ 283,8 milhões, sendo R$ 13,9 mil por pessoa (per capita). Ele lembra que o “carro-chefe” da economia são-marquense é a indústria, mas observa que o comércio, os serviços e a agricultura também possuem peso relevante na economia local. “Em 2011, a indústria respondeu por 52,19% do retorno econômico ao município em termos de ICMS. Depois veio a agropecuária, com 19,85%. O comércio respondeu por 16,68% e o setor de serviços, por 11,29%”, detalha o secretário com base em relatório oficial da Secretaria Estadual da Fazenda que é anualmente enviado às prefeituras. Ele informa que dentro do setor industrial o ramo metal-mecânico é soberano, respondendo por 63% do total. Em seguida vem o ramo moveleiro (13%) e o vitivinícola (9,5%). Vanin destaca que na passagem de 2011 para 2012 São Marcos foi o terceiro município na região com o maior crescimento no retorno de ICMS. “O índice teve uma variação positiva de 3,19%. Exceto Caxias, que é de outro porte e teve crescimento de 4,2%, ficamos atrás apenas de Flores de Cunha (6,17%) e Vacaria (4,02%)”, observa o secretário, também ele impressionado com os números da economia são-marquense.

Caxias, 3ª maior PIB do RS em 2010

No Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Canoas e Caxias do Sul seguem como os três municípios mais ricos do Estado, ocupando o topo do ranking. Não houve novidades em 2010 com relação a 2009. Em quarto, logo depois de Caxias, está Rio Grande. Na sequência aparecem Gravataí, Triunfo, Novo Hamburgo, Santa Cruz do Sul, Pelotas e Passo Fundo. Em relação ao PIB per capita, Triunfo está no topo da lista e em quinto do Brasil. Entre os dez municípios gaúchos mais ricos, quatro cresceram acima de 20% na passagem de 2009 para 2010: Caxias do Sul (27,9%), Gravataí (22,2%), Rio Grande (21,4%) e Passo Fundo (21,3%). De acordo com a Fundação de Economia e Estatística (FEE/RS), 223 municípios gaúchos (45% do total) registraram crescimento superior ao PIB estadual (6,7%) e nacional (7,5%). Por outro lado, 273 (55%) cresceram abaixo das médias do Estado e do país. Entre eles, 40 tiveram desempenho negativo. Os municípios que registraram os menores crescimentos no PIB possuem a economia baseada na agricultura. É o caso de Camaquã, Alegrete e Cachoeira do Sul, que são produtores de arroz. Entre os grandes municípios, surpreendeu o baixo crescimento de Canoas (1,9%) e Santa Cruz do Sul (7%): o município da região metropolitana sofreu com a diminuição na produção do petróleo, enquanto a cidade do vale do Rio Pardo enfrentou problemas com o tabaco (fumo). Já as cidades com os maiores crescimentos do PIB em 2010 receberam investimentos na área industrial, com instalação de empresas e aumento de produção. Um exemplo apontado pela FEE é São Gabriel, que recebeu um frigorífico e que em 2010 teve crescimento de quase 50% no PIB na comparação com 2009. Já Capão Bonito do Sul figura na lista dos que mais cresceram em função da instalação de uma empresa de biodiesel. O estudo da FEE, feito com base nos dados divulgados pelo IBGE, mostrou, ainda, que há grande concentração econômica no Rio Grande do Sul: os 40 maiores PIBs municipais são responsáveis por 70% da riqueza gaúcha. Sobre a distribuição por segmentos econômicos, 84 cidades têm a agropecuária como principal atividade, 34 a indústria e 375, o setor de serviços.
Compartilhe:
Comentários (0) | Enviar para um Amigo | Imprimir
 
Aumento do PIB/2009
Crescimento de 17,9% no PIB
Com R$ 307 milhões, PIB per capita chega a R$ 15...
 
 
Crescimento econômico
SM: 2º maior na economia
Na região, município só foi superado por...
 
 
Eurobus
S.M. produz 1º micro-ônibus
Exemplar da Eurobus foi apresentado em cerimônia...
 
 
Montadora de ônibus
Ellobus apresenta micro-ônibus
Veículo com 32 lugares, para fretamento, é o 2º...
 
 
Cic São Marcos
Plano de saúde para autônomos
Cic deve captar novos associados após mudanças na...
 
 
Mercado de trabalho em abril
Indústria aumenta empregos
Geração de emprego cresceu mais que média...
 
 
Terra do Suco de Uva
Prefira o suco de uva
Bom para a saúde, bom para São Marcos! O...
 
 
Emprego
Serviços lideram vagas em maio
Comércio e construção civil tiveram saldo...
 
Outras edições
L'Attualità Edição nº 414 - 08 de abril de 2015
L'Attualità Edição nº 377 - 31 de agosto de 2013
L'Attualità Edição nº 365 - 16 de março de 2013
L'Attualità Edição nº 364 - 02 de março de 2013
L'Attualità Edição nº 362 - 02 de fevereiro de 2013
L'Attualità Edição nº 361 - 19 de janeiro de 2013
L'Attualità Edição nº 360 - 20 de dezembro de 2012
L'Attualità Edição nº 358 - 24 de novembro de 2012
L'Attualità Edição nº 356 - 27 de outubro de 2012
L'Attualità Edição nº 352 - 25 de agosto de 2012
Tecnologia
PROBLEMAS DA OI AFETAM SÃO MARCOS. Em fevereiro, clientes são-marquenses ficaram com telefones mudos e sem Internet. Problemas precisaram ser intermediados pela CIC
 
Agricultura
Vinícola Irmãos Molon já possui certificação do sistema de segurança de alimentos ISO 22.000. Fabricação de vinhos em 2013 é menor que nos anos anteriores devido ao crescimento do suco de uva orgânica no mercado
 
Educação
Após MEC aprovar Faculdade de São Marcos, instituição prevê cursos de ciências contábeis e administração para o segundo semestre de 2013
 
Cultura
Distrito Criúva tem casarão e moinho tombados como patrimônios históricos
 
Jornal L’Attualità  |  Rua Padre Feijó, 843  |  Sl. 24  |  São Marcos RS  |  Fone: (54) 3291 2200 - 3291 2218  |  jornal@lattualita.com.br  |  Todos os direitos reservados. Copyright 2011.